A importância da personalização para o mercado varejista

Já faz bastante tempo que a segmentação de mercado e a personalização das ações são premissas básicas de qualquer estratégia de marketing. Empreendimentos que tentam se relacionar com todos os públicos ao mesmo tempo, não conseguem se comunicar diretamente com ninguém.

Além disso, os próprios consumidores estão esperando algo mais personalizado por parte das marcas que apreciam. Hoje vamos falar sobre a importância da personalização para o mercado varejista.

Tendência comprovada

Estima-se que, ao investir em ações de marketing personalizadas, uma empresa é capaz de aumentar suas vendas em até 20%. E isso também se aplica ao mercado varejista. É, portanto, um crescimento bem representativo que comprova que os consumidores fazem questão de sentir que significam algo para as marcas que consomem.

Um atendimento personalizado faz o cliente se sentir conectado àquela marca. Um exemplo simples: se você entra em contato com ele por meio de um canal que ele realmente prefira utilizar, ele vai saber que a empresa se preocupa em abordá-lo de forma adequada.

Isso serve não apenas para conquistar novos clientes, mas principalmente para fidelizar os mesmos. E vale sempre lembrar que fidelizar um consumidor pode custar até 5 vezes menos do que conquistar um novo, então, sempre vale a pena.

Veja algumas formas de personalizar o varejo.

Remarketing revisitado

A consultoria McKinsey realizou um levantamento para saber quais são as expectativas dos consumidores em relação à personalização no varejo. Entre os resultados obtidos, os pesquisadores descobriram que boa parte dos clientes gostaria de receber sugestões de produtos que fazem sentido em suas rotinas, mas que eles ainda não pensaram.

O remarketing é uma prática varejista comum e consiste essencialmente em sugerir produtos que a pessoa já pesquisou anteriormente. Os clientes estão esperando mais das marcas, eles esperam que elas os ajudem a encontrar soluções em meio ao portfólio de produtos.

Para conseguir fazer isso, é preciso ter uma boa base de dados que forneça informações suficientes para traçar o perfil desses clientes.

Integração entre canais de comunicação

É importante que o cliente sinta que por trás de todos os canais de comunicação existe eficiência na prestação do atendimento. Um exemplo prático: ele entra em contato com a empresa via rede social para fazer uma reclamação e é orientado a enviar um e-mail. Nesse e-mail ele não deve precisar explicar tudo de novo, quem for atender à demanda já deve estar informado.

Por isso, faz parte de um atendimento personalizado garantir que os canais internos de comunicação estejam funcionando adequadamente.

Personalize promoções

Essa é uma das formas mais eficientes de conseguir bons resultados. Ofereça a um cliente uma promoção exclusiva que tenha a ver com o seu perfil de compra e faça com que ele saiba dessa exclusividade. Ele pode receber um código para conseguir efetuar a compra, por exemplo.

E lembre-se de sempre se comunicar com o seu cliente no ponto de venda. Muitas vezes, esse é o local onde os dois lados estarão mais próximos. Para essa missão, você pode contar com o aplicativo Top Trade!