controle da degustação no PDV

Degustação: como medir sua eficácia no PDV

Você já deve ter notado que muitos PDVs investem em ações de degustação de produtos para estimular a fome de consumir de cada cliente. E o investimento, por mais que não seja barato – uma pequena ponta num corredor de supermercado pode custar entre 5 mil e 6 mil reais dependendo da loja e da cidade –, tem potencial para aumentar consideravelmente as vendas.

Isso ocorre principalmente pela degustação ser uma das ferramentas mais efetivas em aproximar um produto ainda desconhecido do cliente em potencial. Esta tradicional ação do Trade Marketing vale para empresas de pequeno e médio porte que desejam divulgar produtos novos, especialmente os mais caros e sofisticados, ou de marcas mais conhecidas que precisam ter mais saída.

Leia também: As principais estratégias de distribuição e execução de vendas no trade marketing

Além do aluguel do espaço em si, a degustação ainda tem gastos com seleção e salários de promotores e supervisores capacitados, cuidados com aparência, uniformes e higiene, além do material degustado. Logo, o oferecimento de amostras ou mesmo a ação do sampling – quando uma equipe se desloca até o cliente em locais públicos como bares e praias, por exemplo -, devem ser estratégias muito bem avaliadas para proporcionar resultados consistentes. E capazes de gerar mais cifras.  

O que uma ferramenta para controlar ações de degustação precisa oferecer?

Geralmente, a degustação pode impactar em 20% no aumento das vendas. E você sabia que, no dia em que o produto é oferecido para degustar, ele pode ter a sua venda triplicada? Uma boa dica para tempos de recessão econômica, não acha?

Para dar um tiro certeiro, você precisa conhecer bem o seu público, além de investir em datas comemorativas e traçar estratégias para colaborar com o sucesso da sua marca. É também indicado apostar na questão estética. Um totem bem decorado, produtos dispostos de forma harmônica e um promotor que saiba vender o produto de maneira carismática fazem toda a diferença. O valor abaixo da concorrência também deve ser usado: isso ajuda ainda mais na decisão do cliente de levar ou não o produto.

Invista em tecnologia

Diante deste cenário, para uma ação de degustação dar certo é necessário investir em tecnologia para conquistar resultados precisos. Além do estudo inicial do perfil da empresa, produtos ofertados, público-alvo e conexão com as redes sociais da empresa, todas as informações devem ser cruzadas para traçar qual ação deverá ser realizada de acordo com a sua necessidade.

E isso o aplicativo Top Trade faz: ele controla todas as ações de degustação, como o número de clientes impactados, registra as opiniões sobre o produto e, principalmente, oferece mobilidade suficiente para ser levado ao PDV.

Leia também: Como ajudar o varejista a conhecer o público do PDV

Pelo aplicativo, os promotores recebem da gestão de Trade Marketing orientações de rotas e locais, tarefas e atividades, e conteúdo sobre os materiais em uso e treinamentos com as melhores práticas do mercado. Ou seja, é uma plataforma completa capaz de monitorar toda a equipe envolvida na ação, oferecendo segurança e praticidade ao gerente de Trade.  

Para ter uma ação de degustação realmente efetiva, é necessário engajar e empoderar a equipe de promotores. Quer entender como fazer isso? Descubra no nosso eBook “O Segredo Para Engajar o Promotor de Vendas”!