Visual merchandising: Por que prestar atenção nas vitrines e interiores comerciais?

Visual merchandising: Por que prestar atenção nas vitrines e interiores comerciais?

O visual merchandising refere-se a toda e qualquer forma de exposição de um produto em um ponto de venda, que transmita a identidade da marca ou empresa para o cliente em potencial.

Quantas vezes você passou em frente a uma loja, comprou algo apenas pelo visual e quando chegou em casa, percebeu que o produto era muito mais bonito exposto na vitrine? Existe uma explicação para isso: o visual merchandising.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), 80% das decisões de compra acontecem ainda na vitrine, e a reformulação de uma vitrine pode aumentar em até 25% as vendas. Mas para que essa imagem afete positivamente o consumidor (principal objetivo do visual merchandising) é necessário ter cuidado com a forma com a qual o produto é apresentado ao público, ou o resultado pode ser totalmente contrário ao desejado.

Em suma, boas práticas de visual merchandising proporcionam ao consumidor boas experiências de compra, o que tende a fortalecer o laço entre o cliente e a marca. E é essa experiência que você deve procurar.

Levando em consideração que 80% das nossas compras são influenciadas pelo estímulo visual, é importante pensar na experiência de compra, que começa na vitrine e termina quando o cliente finaliza uma compra.

Leia também: Afinal, o que é merchandising? Conceitos, prática e resultados

Um bom visual merchandising deve proporcionar: fidelização do cliente com a marca, proporcionando experiências sensoriais positivas. No entanto, esse processo vai muito além de uma vitrine bem produzida e uma loja bem iluminada. Existem diversos fatores nesse processo que podem influenciar um consumidor, positiva ou negativamente. Por exemplo:

1) A sonorização do ambiente: sim, por mais que grande parte da influência seja visual, a audição ocupa o segundo lugar no sentido que mais influencia um consumidor (11%), assim, uma boa sonorização de ambiente pode fazer com que o cliente sinta-se mais confortável e, consequentemente, passe mais tempo dentro da loja, o que tende a aumentar as vendas.

2) Disposição dos produtos: já parou para pensar que apenas uma mudança no layout da sua loja, pode fazer toda a diferença nas vendas? A disposição correta dos produtos deve chamar a atenção para o seu objetivo de venda; não exponha tudo na vitrine, escolha as peças que você quer destacar e crie pontos de foco para elas. Capriche também nos hot points, que normalmente são próximos ao caixa, à vista dos clientes, e englobam os produtos que tendem a gerar o maior faturamento.

3) Design: harmonizações causam boas impressões nos clientes, por isso invista na padronização da sua marca/ loja. A psicologia das cores pode ser muito bem aplicada aqui; escolha cores que transmitam a identidade da marca e a utilize em tudo relacionado ao produto, para que os consumidores associem as informações de forma rápida. Tudo, da fachada às fontes utilizadas, deve seguir o mesmo padrão.

4) Visibilidade do preço: tenha em mente que o visual merchandising tem como objetivo facilitar a experiência de compra do cliente; por isso, toda ferramenta que evite dúvidas e questionamentos por parte do cliente deve ser aproveitada. Toda informação pertinente e que influencia na compra deve estar à disposição do consumidor.

5) Espaço físico: ao planejar a disposição dos produtos, é importante ter em mente que os clientes precisam de espaço para se movimentar e sentir-se confortáveis no ambiente para conferir as peças que estão à disposição. Ambientes pequenos ou apertados tendem a deixar as pessoas desconfortáveis, o que pode influenciar na permanência do cliente na loja.

6) Embalagens: você já reparou o quanto as pessoas se importam com embalagens? Pense no que acontece quando você ganha um presente. Qual a primeira atitude? Olhar a embalagem para decifrar o que está lá dentro, certo? Que tal usar esse momento para divulgar sua marca? Tenha embalagens personalizadas à disposição dos clientes, assim você externa a marca e ainda facilita para o cliente, que não precisará procurar por embalagens para seus produtos.

7) Climatização: parece simples, mas um ambiente bem climatizado também pode influenciar – e muito – na permanência do cliente na loja. Manter o lugar agradável, nem quente ou frio demais, deixa os consumidores mais confortáveis, assim eles permanecem mais tempo na loja e conhecem melhor os seus produtos; consequentemente, existe uma chance maior de venda.

8) Tudo isso, entre outros fatores, deve ser muito bem estruturado para que a experiência total seja positiva para o consumidor. Por fim, tenha em mente que qualquer ação de marketing tem como objetivo fixar e divulgar a identidade da marca de forma positiva, por isso sua imagem deve ser respeitada e utilizada de forma adequada para que se torne cada vez mais conhecida no mercado.

Se você precisa de auxílio para atrair consumidores e aumentar suas vendas, o App Top Trade, melhor aplicativo de trade marketing do mercado, pode te auxiliar nesse processo. Nele, você encontra soluções personalizadas para seu negócio, como gestão de pessoal e informações do PDV. Além disso, encontra informações de inteligência exclusivas, como Business Intelligence e Dados de Geomarketing e IBGE. Quer saber mais a fundo como você pode aplicar o Top Trade à sua empresa? Clique aqui . Preencha nosso formulário e um dos nossos consultores entrará em contato para auxiliar com uma solução personalizada às suas necessidades.