Como a tecnologia está transformando a experiência do consumidor no varejo?

Os hábitos de consumo mudam constantemente, acompanhando as próprias evoluções da sociedade. Por exemplo: há poucos anos, comprar qualquer coisa em poucos segundos e sem precisar sair de casa era algo impensável. Hoje, faz parte do dia a dia de milhões de consumidores. No artigo de hoje vamos falar sobre como a tecnologia tem transformado a experiência do consumidor no varejo.

Sem filas

Ir ao supermercado, especialmente em alguns horários específicos como no fim da tarde, pode ser um grande desafio: as filas nos caixas tendem a ser quilométricas. Essa é uma das principais razões que podem tornar uma experiência banal bastante estressante. Mas isso já está mudando: grandes redes adotam estratégias para reduzir as filas e melhorar a experiência de compra.

Essas estratégias vão desde a implementação do self checkout que já falamos por aqui (LINKAR COM O ARTIGO DE MODERNIZAÇÃO DE SUPERMERCADOS) até a possibilidade de agendar atendimentos no caixa pelo aplicativo da rede.

Tecnologia beacon

Receber promoções de produtos que façam parte do dia a dia de cada consumidor já é uma realidade, graças à tecnologia beacon que se conecta ao dispositivo móvel do cliente assim que ele entra no ponto de venda. Para isso, é preciso ter um aplicativo próprio e incentivar o público a baixá-lo, oferecendo vantagens.

Internet das coisas

Esse conceito não é tão recente, mas faz pouco tempo que começou a ser integrado ao varejo melhorando a experiência de compra. Internet das coisas significa, basicamente, a conexão de objetos do dia a dia à internet; aparelhos podendo se comunicar uns com os outros.

Vamos supor que você venda bebidas e lance um aplicativo da sua marca. Ao mesmo tempo, instala um dispositivo nas geladeiras onde ficam os seus produtos (no ponto de venda) que se comunique com esse aplicativo. E sempre que o consumidor passar perto dessa geladeira (em um raio pré-definido) o aplicativo vai emitir uma notificação sonora. Estratégias como essa já são possíveis.

A internet das coisas também permite oferecer promoções de acordo com o perfil do cliente e, indo mais além, quando ele estiver numa localização estratégica e em um momento adequado do seu dia.

Realidade virtual

A realidade virtual é uma tecnologia que já era usada em alguns contextos específicos, mas que está invadindo o varejo. Por meio dela uma loja de roupas pode levar seus clientes a um desfile de modas sem que eles precisem sair de casa. Mais que isso: torna-se possível experimentar produtos dentro de um ambiente criado pelo software, antes mesmo de ir até a loja física.

Em um momento em que as compras virtuais crescem, os pontos de venda físicos precisam se reinventar e oferecer vantagens que façam o consumidor pensar que vale a pena sair de casa para comprar aquele produto que ele possivelmente poderia adquirir sem levantar do sofá.

Você está preparado para todas essas mudanças dentro do seu segmento? Mais do que nunca, é essencial estar bem informado a respeito do seu mercado, para saber quais são as demandas do seu público-alvo que precisam ser atendidas. Para isso, o aplicativo Top Trade oferece todo o suporte. Preencha o nosso formulário para saber mais!